A cooperativa Granada La Palma integra dois novos armazéns dem seu centro de produção

Granada La Palma instala um armazém automático refrigerado e estantes móveis Movirack

A cooperativa hortifrutícola Granada La Palma, a maior fabricante e comercializadora de tomates cereja e de outras especialidades de tomates do mundo, possui em seu centro produtivo de Carchuna (Granada) um armazém automático de produtos frescos, provenientes do campo, e outro com estantes sobre bases móveis Movirack para consumíveis e embalagens. Estas duas soluções oferecem capacidade suficiente e fazem frente ao grande crescimento previsto no futuro, com equipamentos de última geração, que aumentam a produtividade mantendo a qualidade reconhecida de seus produtos.
A imagem aérea do centro produtivo de Granada La Palma

Necessidades de Granada La Palma

Granada La Palma foi fundada em 1973 e atualmente é a 10ª maior produtora-exportadora hortifrutícola da Espanha, dedicada aos tomates cereja, pepinos e outras especialidades de tomate. Seu mercado principal se encontra na União Europeia, em países como Reino Unido, França, Alemanha e Espanha. Sua produção aumentou notavelmente nos últimos anos, superando as 75.000 t, ao que a empresa requeria ampliar sua planta da região granadina de Carchuna. Solicitou a colaboração da Mecalux com a decisão de realizar este ambicioso projeto de ampliação de 20.000 m2.

Solução da Mecalux: dois armazéns para diferentes produtos e funções

A planta de Granada La Palma está situada entre os campos de cultivo. A Mecalux construiu dois armazéns integrados estrategicamente dentro do mesmo centro: o automático refrigerado, destinado aos produtos frescos, provenientes dos campos, e outro, de consumíveis e embalagens, constituído por estantes Movirack.

A organização do centro produtivo de Granada La Palma:

  1. Armazém automático refrigerado
  2. Armazém de consumíveis e embalagens
  3. Planta existente
  4. Planta ampliada

Armazém automático refrigerado
O armazém automático refrigerado é considerado o coração da planta: A mercadoria flui constantemente, proveniente dos campos de cultivo, e passa por diferentes fases de produção, entre as quais se destacam a de calibragem e embalagem final, para dirigir-se a múltiplos destinos, mantendo sua rastreabilidade ao longo de todo o processo.

  • A) Armazém automático
  • B) Entradas diretas do campo (duas)
  • C) Entradas externas (duas)
  • D) Elevadores para as entradas (três)
  • E) Entradas e saídas para a área de produção
  • F) Corredor de comunicação com as áreas de produção
  • G) Cabeceira de transportadores no nível superior

Entradas de mercadoria
A mercadoria, proveniente dos campos ou de entradas externas, é armazenada em gaiolas, que foram empilhadas previamente sobre paletes. A recepção é realizada na parte posterior do recinto, na cabeceira do armazém.

Os operadores, auxiliados por transpaleteiras elétricas, colocam os paletes nas estações de entrada. Desde aqui se dirigem ao posto de inspeção, onde são verificadas suas características, e se comprova que cumprem os parâmetros estabelecidos e exigidos no armazém.

Uma vez superada esta fase, três elevadores transferem os paletes para o piso superior.

Sua capacidade de fluxos é suficiente para absorver o grande número de entregas que os agricultores depositam em um período de tempo relativamente curto.

A entrada da mercadoria semiprocessada, proveniente das áreas de produção que deve ser armazenada novamente, também se encontra no nível inferior e acessa o piso superior através do elevador, situado na mesma área.

No piso superior foi habilitado um espaço muito amplo de armazenamento dos paletes provenientes dos elevadores.

Também se encontram os transportadores de entrada aos corredores e uma área de verificação.

A posição elevada das entradas foi projetada para que não haja interferências com as operações de saída, e por sua vez poder dispor de um amplo corredor de comunicação na planta inferior que une as duas plantas de produção, a antiga e a nova.

Composição do armazém
O armazém é uma câmara refrigerada de construção tradicional, com temperatura regulada para a ótima conservação dos produtos da empresa. Suas dimensões são 47 m de comprimento por 20,5 m de largura e 11,1 m de altura, com uma capacidade total de 1.560 paletes de 1.000 x 1.200 mm, com um peso unitário de 1.150 kg.

Para calcular a estrutura e folgas das estantes que equipam a câmara foi considerada a normativa europeia, concretamente as normas EN 15512 e EN 15620, referentes à armazenagem em estantes metálicas.

A câmara refrigerada é composta por cinco corredores de profundidade simples. Cada um é servido por um transelevador, monocoluna com cabine embarcada que se eleva com a carga, o que favorece as tarefas de manutenção. Estas máquinas movem os paletes entre as estações de cabeceira e as localizações correspondentes nas estantes, e vice-versa..

Saídas de mercadoria
As docas de carga se encontram na parte dianteira da nova planta de produção.

Nesta área, também foram instalados os pontos de controle e distribuição às diferentes áreas de produção, e inclusive a parte de produtos já embalados que provisóriamente foram enviados ao armazém.

Segurança na planta
A fim de proteger os operadores e a mercadoria de qualquer possível incidente, todas as áreas dispostas com elementos móveis (transportadores, elevadores e transelevadores) são mantidas com fechamentos metálicos, portas rápidas verticais enroláveis, dispositivos de segurança como flashes de luz ou redes horizontais.

Easy WMS da Mecalux
O centro de produção é comandado pelo sistema de gestão de armazéns Easy WMS da Mecalux, que se encarrega de assegurar a rastreabilidade dos produtos e de organizar todas as operações que são realizadas, incluindo algumas das seguintes funções:

  • Gestão das entradas de mercadoria desde seu recebimento nas docas.
  • Distribuição dos paletes em função da rotatividade e o fluxo de movimentos.
  • Organização do estoque e mapa do armazém (definindo que mercadoria e onde se encontra).
  • Controle das expedições.
  • Consulta do estado dos diferentes equipamentos de movimentação que operam no armazém.

O software de gestão Easy WMS, desenvolvido pela Mecalux, está em comunicação permanente e bidirecional com o ERP FRUTTEC de Granada La Palma. Ambos os sistemas intercambiam ordens e a informação imprescindível para uma ótima gestão do armazém. Deste modo, a empresa obtém um controle mais absoluto e global de todos os processos produtivos que se realizam no centro de produção.

Armazém com estantes móveis Movirack
O segundo projeto da Mecalux entregue à Granada La Palma é um armazém dedicado aos consumíveis e embalagens, que conta com suas próprias docas de descarga e ligado diretamente à planta de produção, através de um corredor principal e uma porta de acesso.

Trata-se de um sistema de armazenagem por compactação que aproveita ao máximo a superfície disponível, multiplicando o número de paletes que podem ser alojados no armazém.

As estantes são colocadas sobre bases móveis que se deslocam lateralmente, suprimindo e abrindo os corredores de trabalho no momento necessário.

O funcionamento das estantes Movirack é muito simples, o operador dá a ordem de abertura automática da base selecionada, através de um comando de radiocontrole.

No corredor correspondente existe o acesso direto às referências e se pode extrair ou depositar a mercadoria com uma empilhadeira retrátil.

O sistema está equipado com dispositivos de segurança que protegem os operadores e a mercadoria armazenada.

Foram instaladas barreiras externas, que detém o movimento se uma pessoa entra no corredor, e barreiras internas, que detectam a presença de objetos no interior que possam impedir que as estantes se desloquem corretamente.

Benefícios para Granada La Palma

  • Maior capacidade de armazenagem: a ampliação da câmara refrigerada e do armazém de consumíveis de Granada La Palma permitiu a obtenção da capacidade suficiente para absorver seu aumento de produção, considerando as previsões futuras de crescimento da cooperativa.
  • Diminuição dos custos de manipulação: a planta está localizada entre os campos de cultivo e todos os processos produtivos, incluindo a armazenagem, são realizados na mesma instalação, simplificando as operações e reduzindo os custos logísticos.
  • Alta produtividade: a automatização do armazém refrigerado satisfaz as necessidades da Granada La Palma, ao passo que aumenta notavelmente o número de entradas e saídas por hora e otimiza os recursos, graças ao software Easy WMS de Mecalux.
  • Segurança da planta: o armazém automático e o equipado com estantes móveis Movirack dispõem de numerosos dispositivos de segurança, que reduzem praticamente a zero o risco de acidentes.
  • A imagem aérea do centro produtivo de Granada La Palma
  • Armazém automático de produtos frescos, provenientes do campo

Ficha técnica

Armazém automático
Capacidade de armazenagem: 1.560 paletes
Peso máximo do palete: 1.150 kg
Dimensões do palete: 1.000 x 1.200 mm
Altura do armazém: 11,1 m
Nº de transelevadores: 5
Tipo de transelevador: monocolumna
Solicitar informação e/ou orçamento

Fale com um especialista 0800-770-6870

-