Multinacional do setor químico tem construção de um armazém automático autoportante em Guaratinguetá-SP

A BASF tem na automatização para aumentar a competitividade de suas operações na América do Sul

O armazém automático autoportante, com início de operação no ano de 2011, da BASF em Guaratinguetá-SP (Brasil) tem capacidade para mais de 8.160 paletes. Composto por dois corredores de dupla profundidade utiliza transelevadores bicoluna e um circuito de transportadores, além de contar com uma área de picking na cabeceira. Toda a operação é controlada e dirigida por meio de software de gestão Easy WMS da Mecalux.
A Mecalux projetou e construiu um armazém automático autoportante da BASF

Necessidades da BASF no Brasil

A BASF, com uma sólida presença em âmbito mundial, é uma empresa que tem uma longa trajetória na fabricação e distribuição de produtos químicos industriais. Sempre apostou na inovação, na sustentabilidade e na busca das melhores soluções para satisfazer as necessidades atuais e futuras da sociedade.

A empresa nos últimos anos a fim de se adequar às demandas do mercado, viu a necessidade de um armazém com capacidade suficiente para abastecer este grande mercado. A Mecalux colaborou desde o primeiro momento neste projeto que fortalece o posicionamento da BASF na América do Sul.

O armazém automático da BASF

A Mecalux projetou e construiu um armazém automático autoportante de 1.400 m² que mede 30 m de altura e 101 m de comprimento. Dispõe de dois corredores com estantes de dupla profundidade em ambos os lados e uma capacidade para mais de 8.160 paletes, mas sem perder o acesso direto à mercadoria.

Cada corredor utiliza um transelevador bicoluna que retira os paletes dos transportadores de entrada e os deposita na localização atribuída pelo programa de gestão de armazéns Easy WMS da Mecalux. Posteriormente, fazem o mesmo movimento mas em sentido inverso para a saída da mercadoria.

Dado que é uma instalação autoportante de grande envergadura destinada ao armazenamento de produtos químicos, a segurança foi um requisito importante. Foram disponibilizadas saídas de emergência em pontos estratégicos. Além disso, caso ocorra um incidente, os equipamentos automáticos param, facilitando a evacuação dos operadores.

As entradas e saídas de mercadoria
A operação no armazém destaca-se pela sua simplicidade: o recebimento e expedição da mercadoria são realizados de modo automático na cabeceira, por meio de um circuito de transportadores de roletes e correntes que dirigem os paletes o tempo todo. Este sistema permite que a mercadoria se desloque de forma autônoma, sem precisar da intervenção humana e evitando qualquer erro logístico. Os dois processos estão separados para evitar interferências.

Antes de entrar no armazém automático, a mercadoria deve passar pelo posto de inspeção para validar o cumprimento dos requisitos estabelecidos para sua localização no armazém. Os paletes que não superem o controle são depositados no transportador de rejeição, disposto paralelamente ao de entrada, para seu recondicionamento.

A área de picking
Na cabeceira também foram instalados dois postos de picking. Os operadores preparam os pedidos com agilidade graças aos manipuladores de ventosas, que levantam e movem a mercadoria mais pesada.

Logo atrás dos postos de trabalho, existem duas linhas de transportadores bidirecionais que fornecem os paletes vazios necessários para a operação e saída dos pedidos uma vez finalizados.

Software de gestão e controle
O Easy WMS da Mecalux é um potente software de gestão do armazém, cuja função consiste em coordenar e dirigir toda a operação interna. Entre as várias funções realizadas estão o recebimento, a atribuição de localizações e o armazenamento dos paletes em função da rotatividade, a extração, preparação de pedidos e a expedição final.

Ao ser um armazém completamente automático, incorpora o módulo de controle Galileo que se encarrega de dar as ordens de movimento aos diferentes dispositivos que formam a instalação, assim como controla as medidas de segurança.

O Easy WMS da Mecalux, em comunicação permanente e bidirecional com o ERP da BASF, transfere dados e informações para operar e gerenciar o armazém com eficácia e conseguir a máxima rentabilidade nos processos logísticos.

Benefícios para a BASF

  • Grande capacidade: o novo armazém autoportante da BASF tem capacidade para localizar mais de 8.160 paletes de diferentes tamanhos e características em 1.400 m².
  • Máxima agilidade: a operação é muito simples, ágil e completamente automática, minimizando a intervenção humana.
  • Excelente gestão: o armazém é controlado pelo software de gestão de armazéns Easy WMS da Mecalux a fim de otimizar todos os movimentos, processos e operações efetuados.
  • A Mecalux projetou e construiu um armazém automático autoportante da BASF
  • Antes de entrar no armazém automático, a mercadoria deve passar pelo posto de inspeção

Ficha técnica

Armazém autoportante da BASF
Capacidade de armazenamento: 8.160 paletes
Número de transelevadores: 2
Tipo de transelevadores: bicoluna
Tipo de garfo: dupla profundidade
Altura do armazém: 30 m
Tipo de armazém: autoportante
Solicitar informação e/ou orçamento

Fale com um especialista 0800-770-6870

-