La Ruche Logistique gerencia os produtos de empresas de e-commerce em seu armazém

La Ruche Logistique gerencia os produtos de empresas de e-commerce em seu armazém

O armazém da La Ruche Logistique se destina à preparação de pedidos de empresas de e-commerce

La Ruche Logistique logo

O operador logístico La Ruche Logistique atualizou seu armazém em Créancey (França) para lidar com as novas demandas de seus clientes (majoritariamente empresas de e-commerce). Com a instalação do Easy WMS, o Sistema de Gerenciamento de Armazém da Mecalux, a empresa passou de preparar 150 pedidos por dia para 500, os quais são compostos por mais de 3.000 linhas que são distribuídas e entregues em questão de horas. Através desse SGA o operador logístico conta com uma operação eficiente para lidar com o rápido crescimento do e-commerce.

  • Imagens
  • O armazém da La Ruche Logistique em Pouilly-en-Auxois (França) com o Easy WMS
    La Ruche Logistique gerencia referências de empresas do setor de e-commerce
    O Easy WMS guia os operadores preparando pedidos mediante terminais RF
    Os operadores percorrem o armazém coletando as referências de cada pedido
    La Ruche Logistique prepara 500 pedidos por dia seguindo as ordens do Easy WMS
  • Ficha técnica
  • Baixar PDF

Operador logístico em expansão

Em atividade desde 2014, La Ruche Logistique é um operador logístico francês que oferece um serviço personalizado para qualquer tipo de empresa, principalmente pequenas e médias.

A maioria de seus clientes é formada por empresas do setor de e-commerce. “Vivemos na era da venda online, com empresas que comercializam produtos extremamente diversificados — desde cigarros eletrônicos até livros e vestuário — através de seus sites. Nossos clientes crescem rapidamente, por isso é essencial nos adaptarmos ao seu ritmo de expansão”, explica Thomas Largeron, gerente da La Ruche Logistique.

Do ponto de vista logístico essas empresas exigem a preparação de um grande volume de pedidos compostos, cada um deles, por poucas linhas de pedido e sua rápida distribuição (em poucas horas).

Na localidade de Créancey, La Ruche Logistique possui um armazém de 3.000 m2 onde deposita os produtos e prepara os pedidos de seus clientes. Do ponto de vista logístico está localizado em uma região adequada, entre Paris e Lyon, para que a entrega da mercadoria seja efetuada com a máxima rapidez possível.

No entanto, a empresa queria ganhar competitividade e, para tal, devia aproveitar melhor seu armazém. De acordo com Thomas Largeron, “o negócio estava crescendo sem parar e cada vez tínhamos mais clientes. As cifras são reveladoras: em pouco tempo passamos de gerenciar 6.000 referências para 12.000”.

Para lidar com essa situação a empresa sabia que devia otimizar os processos do armazém, “necessitávamos acelerar a preparação dos pedidos e administrar melhor o estoque”, admite o gerente. Não havia nenhuma dúvida: era imprescindível implementar um Sistema de Gerenciamento de Armazém (SGA). Depois de conferir diferentes opções, o operador logístico se inclinou pelo Easy WMS, o SGA desenvolvido pela Mecalux. “O fato de ser um sistema que pode ser personalizado nos convenceu”, indica Thomas Largeron. “A equipe técnica da Mecalux analisou nossas exigências e operações minuciosamente, portanto o SGA foi configurado para responder especificamente aos nossos processos.”

Agora que já está em operação a empresa aumentou sua produtividade, assim como o ritmo de trabalho. O dia a dia do centro consiste em receber e armazenar 200 pacotes, preparar 500 pedidos compostos por um total de 3.000 linhas e expedir 150 pacotes.

Agilidade no picking

A empresa percebeu que para reforçar a principal operação de seu armazém — a preparação de pedidos — devia cuidar de todos os detalhes, começando pelo armazenamento da mercadoria. Uma boa organização proporciona agilidade no picking porque os operadores não precisam destinar seu tempo para localizar as referências necessárias.

Antes trabalhávamos com uma tabela Excel”, indica o gerente. Era uma tabela onde os operadores anotavam quais produtos haviam recebido, de que cliente eram, qual sua referência, rotatividade, etc.

Com a instalação do Easy WMS a empresa deu um passo à frente no que se refere à gestão da mercadoria. “O software distribui os paletes baseando-se em diferentes parâmetros, tais como o nível de demanda”, afirma Largeron. Dessa forma, o sistema sabe com exatidão onde está localizado cada artigo.

A organização da operação e dos trabalhadores também deve ser considerada no momento de aperfeiçoar o picking. Por isso, o Easy WMS atua como diretor do armazém, pois indica aos operadores o que fazer com cada produto o tempo todo.

Neste armazém são preparados pedidos por ondas, ou seja, são acondicionados vários pedidos ao mesmo tempo para otimizar os percursos dos operadores pelo armazém.

Os operadores utilizam terminais de radiofrequência para estabelecer comunicação em tempo real com o SGA e receber as ordens e confirmar que foram cumpridas. “Eles gostam muito deste sistema porque sua interface é muito intuitiva”, manifesta o gerente. Também utilizam carros dispostos entre quatro e dez localizações e o mais habitual é que cada uma delas se destine a um pedido.

Quando os pedidos são de menores dimensões e incluem produtos pequenos, tais como frascos de perfume, é possível preparar trinta pedidos simultaneamente (três por localização).

Somos mais produtivos e praticamente não cometemos nenhum erro”, indica Thomas Largeron. “Antes imprimíamos a tabela do Excel para que os operadores soubessem quais pedidos deviam ser preparados, o que nos fazia perder muito tempo. Podíamos expedir no máximo 150 pedidos por dia, o que está muito longe dos 500 que fechamos atualmente”, acrescenta.

Um dos objetivos da La Ruche Logistique com esse novo projeto era eliminar as falhas e, consequentemente, aumentar a satisfação dos clientes. Conforme explica Thomas Largeron: “antes de implementar o Easy WMS havia erros em dois ou três pedidos por dia em média. Agora são realmente excepcionais (um a cada duas semanas no máximo)”.

Serviço de entrega eficiente

Com o auge do comércio eletrônico os usuários exigem que as entregas dos pedidos se adaptem ao seu ritmo de vida sem querer esperar para recebê-los.

Diante dessa situação, o operador logístico deve oferecer prazos de entrega muito reduzidos: em questão de horas ou no dia seguinte. Para consegui-lo, é essencial uma boa organização do fluxo de trabalho e que o fulfillment seja ágil.

Com essa premissa a La Ruche Logistique implementou o Software para Gestão da Expedição Logística, um módulo do Easy WMS que dirige os processos de embalagem e etiquetagem. Além disso, o SGA pode comunicar-se com a transportadora que distribui os pedidos. O programa permite:

  • Controlar o número de pacotes para que a transportadora saiba com antecedência quantas caixas formam cada pedido.
  • Imprimir a documentação necessária, seja as etiquetas para a transportadora ou a nota de entrega.
  • Confirmar o tracking number. É um código através do qual os clientes finais podem fazer um monitoramento do envio.

Graças ao Software para Gestão da Expedição Logística, o Easy WMS se comunica diretamente com nossa transportadora informando dos pedidos que devem ser distribuídos”, indica Thomas Largeron.

Uma comunicação fluida e bidirecional entre a transportadora e o SGA evita erros e atrasos nas expedições.

Thomas Largeron – Gerente da La Ruche Logistique
A Mecalux cumpriu o prometido. Com o Easy WMS e o Software para Gestão da Expedição Logística somos mais produtivos, mais rápidos na preparação e distribuição dos pedidos, otimizamos o espaço de armazenagem e, sobretudo, já não erramos”.

O momento de crescer

La Ruche Logistique transformou seu negócio com a instalação do Easy WMS. Uma de suas prioridades era otimizar a gestão da mercadoria, algo que conseguiu com o SGA da Mecalux.

Segundo Thomas Largeron, “oferecemos uma rastreabilidade completa aos nossos clientes do setor de e-commerce”. A empresa conseguiu que suas possibilidades de expansão sejam ilimitadas, pois, segundo o gerente da La Ruche Logistique, “nosso faturamento aumentou nos últimos dois anos e deveria manter essa tendência nos próximos três ou quatro anos”.

Benefícios para a La Ruche Logistique

  • Total rastreabilidade: o Easy WMS faz um controle rigoroso das 12.000 referências armazenadas a partir do momento em que chegam ao centro de distribuição.
  • Expedição mais fluida: com o Software para Gestão da Expedição Logística, os processos de embalagem e etiquetagem dos pedidos estão perfeitamente coordenados com as transportadoras. O sistema se comunica com as transportadoras informando sobre os pedidos que devem ser distribuídos por eles.
  • Picking mais produtivo: o SGA da Mecalux indica para os operadores como preparar os pedidos. A supervisão do Easy WMS permitiu que se passasse de preparar 150 pedidos por dia para 500.
Armazém da La Ruche Logistique
Dimensões do armazém: 3.000 m2
N.º de referências: 12.000
N.º de pacotes recebidos/dia: 200
N.º de pacotes expedidos/dia: 150
N.º de pedidos preparados/dia: 500
N.º de linhas que formam cada pedido: 3.000

Fale com um especialista