Soluções de software para adotar uma estratégia omnichannel

13/11/2018

Vivemos em uma época onde podemos 
comprar a partir de qualquer lugar do mundo com um simples clique. A facilidade na hora de adquirir qualquer produto choca com a dificuldade que 
as empresas têm para preparar uma infinidade 
de pedidos compostos por poucos artigos e logo 
entregá-los em um período muito curto de tempo. Diante desse desafio, a Mecalux Software Solutions oferece soluções para gerenciar de uma forma eficiente o modelo omnichannel das empresas. 
O Easy WMS, SGA para e-commerce e Multi Carrier Shipping Software têm o objetivo de satisfazer 
o consumidor final com entregas pontuais e um serviço de qualidade.


Omnichannel é uma estratégia de vendas estendida com o surgimento do e-commerce

A evolução do varejo: do modelo multicanal ao omnichannel

Podemos definir um canal como um meio através do qual as empresas e os clientes interagem diretamente com a loja física, o telefone celular, o site, etc. Embora empresas como a Amazon ou a Privalia tenham começado desde suas origens no ambiente online, na realidade, os varejistas tradicionais sempre contaram com um único canal de distribuição —a loja física — e, com o tempo, foram sendo incorporados mais canais (principalmente virtuais).

Normalmente, as divisões online das empresas começam quando já existe a loja física. Este é o momento em que uma empresa entra em um modelo de negócio multicanal. Trata-se de um modelo que oferece aos clientes vários canais para interagir com a empresa, com o inconveniente de que cada um deles é independente e o cliente não pode fazer modificações uma vez, realizada a compra (para fazer uma reclamação ou uma consulta). No entanto, o setor do varejo está cada vez mais consciente de que não é suficiente ir acumulando canais. O que realmente importa é que estejam bem integrados para que o cliente faça suas compras em qualquer um deles, sem diferenciação. O processo omnichannel é uma evolução da multicanalidade que exige que todo o sistema da cadeia de suprimentos esteja pensado para melhorar a experiência de compra dos clientes.

Com a transformação digital da sociedade são os consumidores que, sem dúvida alguma, definem as tendências e são cada vez mais exigentes. Buscam algo mais do que comprar um produto, pois o que esperam é combinar uma experiência sensorial (na loja física) com uma digital (através da internet) e outra social (comentando suas aquisições nas redes sociais). A expansão do omnichannel provém, em parte, da rápida adoção dos dispositivos móveis na sociedade e da forte penetração das redes sociais, com um alto grau de participação e compra.

Muitos pedidos comprados on-line são preparados em um armazém omnichannel

O que os clientes valorizam quando compram um produto 
de uma empresa ?

  • Consistência. Os clientes desejam interagir de forma efetiva com as empresas, seja qual for o canal.
  • Continuidade. As interações com as empresas devem ser constantes, inclusive quando os clientes, a qualquer momento, queiram mudar de canal.
  • Segurança. O acesso a toda a informação sobre o estado dos pedidos deve ser muito fácil. Além disso, os clientes exigem segurança em suas contas e em suas transações.
  • Relacionamento. Os clientes esperam que as empresas saibam quem são eles cada vez que fazem uma compra, tenham um histórico de suas transações e valorizem sua fidelidade.

O consumidor omnichannel não distingue canais, 
apenas compra aquilo que necessita, seja 
indo a uma loja física, mediante seu telefone celular 
ou conectando-se ao site através
 de seu computador

O armazém omnichannel

O modelo omnichannel representa uma transformação dos centros logísticos, por isso um armazém omnichannel é diferente de um tradicional. Obviamente, o espaço continua sendo o mesmo uma vez que conta com as mesmas áreas (de armazenamento, de preparação de pedidos, docas de carga e descarga…). A diferença reside, no entanto, nas necessidades: é necessário gerenciar a entrada de pedidos das lojas virtuais, das lojas físicas e de outros possíveis canais simultaneamente.

Os armazéns das empresas de e-commerce recebem uma quantidade muito alta de pedidos pequenos (formados por poucas linhas de pedido cada um deles) provenientes de clientes que fizeram suas compras através da internet. É habitual não haver uma boa parte desses pedidos no estoque, por isso as empresas devem solicitá-los aos seus fornecedores. Quando a mercadoria chegar ao armazém será distribuída diretamente em pedidos que são expedidos com muita rapidez, sem necessidade de serem armazenadas. Este método de preparação de pedidos é conhecido como cross-docking.

As entregas dos pedidos virtuais adquiridos devem ser muito rápidas a partir do momento da compra, portanto, a agilidade e uma boa organização são essenciais. Os artigos que chegam ao armazém devem ser gerenciados de acordo com a lista de pedidos pendentes de completar (considerando se correspondem a pedidos com um único produto ou pedidos que incluam mais de uma linha de estoque). Acondicionar uma área que se destina à elaboração de cada tipo de pedido ajuda os operadores a trabalharem em uma área específica do armazém evitando, dessa forma, que não tenham que percorrer grandes distâncias.

Além disso, as empresas com um modelo omnichannel também gerenciam as devoluções, ou seja, o que se conhece como logística reversa. Um dos motivos do auge do setor e-commerce, além da facilidade no momento de comprar, é a política de devoluções. Por exemplo, no caso do e-commerce do setor da moda, muitos clientes compram roupa pela internet, experimentam as peças em casa e fazem a devolução daquilo que não tenham gostado. Embora seja muito mais cômodo para os clientes, as devoluções representam uma maior carga de trabalho e obrigam a disponibilizar um espaço extra para realizá-las.

Mas, como é um armazém omnichannel? Em primeiro lugar, deve estar equipado com sistemas de armazenamento que proporcionem a máxima capacidade de armazenamento possível, assim como deve agilizar a preparação de pedidos. Nesse sentido, as estantes com acesso direto são essenciais porque facilitam o manuseio dos produtos.

Em segundo lugar, o armazém deve contar com um software eficiente capaz de gerenciar os pedidos de todos os canais, agilizar sua preparação, mostrar a lista do estoque em tempo real e garantir uma comunicação fluida entre o armazém e as principais empresas de transporte.

Os armazéns das lojas físicas, por exemplo, podem ser omnichannel ao armazenarem o estoque necessário para satisfazer as necessidades dos clientes que visitam estes pontos de venda e, ao mesmo tempo, podem preparar pedidos comprados através da internet.

Por exemplo, a Zara, do grupo Inditex, já inaugurou lojas omnichannel em Londres e em Milão que pretendem conectar o ambiente online com o offline. Além de oferecer as seções habituais (masculina, feminina, infantil, casa…), foi criada a seção virtual dedicada à compra e retirada de pedidos adquiridos pela internet.

Ter armazéns omnichannel proporciona os seguintes benefícios:

  1. Reduzir o tempo de entrega dos pedidos.
  2. Melhorar a colaboração entre armazéns e pontos de venda.
  3. Ampliar as opções de entrega dos pedidos, tais como o click and collect (comprar pela internet e retirar o pedido na loja após um determinado tempo).
  4. Dispor de uma maior capacidade para oferecer uma vasta carteira de produtos, com artigos que possam satisfazer de forma mais adequada às necessidades dos clientes.
  5. Aperfeiçoar a preparação de pedidos e, como resultado, melhorar a imagem da marca.

Um armazém omnichannel é uma instalação onde ocorre a preparação de pedidos, independentemente do canal de onde provenham: loja física, site, etc.

Mecalux: preparada para o desafio omnichannel

A equipe técnica da Mecalux conhece em primeira mão as mudanças que ocorrem nas necessidades logísticas do varejo, por isso pesquisa e desenvolve novas soluções de software para que as empresas possam lidar com todos os novos desafios que a tendência omnichannel representa.

Easy WMS: configuração de modelos de expedição

A variedade e a grande quantidade de pedidos que são preparados diariamente em um armazém fazem com que seja imprescindível um sistema que simplifique ao máximo sua gestão.

O Easy WMS, o Sistema de Gestão de Armazéns (SGA) desenvolvido pela Mecalux, inclui uma função que se encarrega de agrupar os pedidos automaticamente utilizando certos critérios, tais como ordens com uma única linha de estoque, ordens com mais linhas de pedido, ordens que serão distribuídas por uma mesma agência de transporte, pedidos para um fornecedor, para as lojas, comprados pela internet, etc.

Dessa forma, o negócio pode passar do sistema push (os processos foram concebidos em função do previsão da demanda) para um sistema pull (a área da produção está condicionada às necessidades do consumidor).

Com o sistema push os pedidos são preparados previamente e permanecem à espera de serem distribuídos. Enquanto no sistema pull os pedidos são preparados unicamente quando forem requisitados.

SGA para e‑commerce

Easy WMS, SGA para e-commerce e Multi Carrier Shipping Software da Mecalux

Um dos desafios das empresas omnichannel consiste em preparar um número elevado de pedidos formados por uma quantidade muito pequena de unidades e artigos diferentes.

Com o software da Mecalux o armazém dispõe dos recursos necessários para lidar com a distribuição dos produtos comercializados na internet. Entre todas as suas funcionalidades, destacam-se:

  • Recebimento artigo por artigo. O armazém está preparado para receber e verificar artigo por artigo.
  • Agrupar os artigos recebidos. A mercadoria recebida é separada para identificar os artigos solicitados em pedidos que tenham uma única linha de pedido, com várias linhas, que devem ser armazenados, com incidentes, etc., para logo serem deslocados para a área do armazém onde forem necessários.
  • Agrupar os pedidos. O sistema realiza os agrupamentos dos pedidos baseando-se em regras configuráveis. Determina os pedidos que podem ser preparados simultaneamente nas estações de trabalho.

Com o SGA para e-commerce, o armazém está preparado para lidar com as diferentes situações envolvidas na preparação de pedidos de uma loja virtual

Multi Carrier Shipping Software

Para uma empresa é complicado gerenciar uma única frota de transporte e atender todos os seus clientes. Consequentemente, necessita de uma integração com uma ou mais agências de transportes.

O Multi Carrier Shipping Software é uma solução que conecta de forma automática o armazém com as principais empresas de transporte. A comunicação pode ocorrer de duas formas diferentes: offline (cria e imprime as etiquetas dos produtos, elabora um relatório e uma lista dos pacotes para entregar à transportadora) e online (estabelece comunicação com a agência e obtém o código de monitoramento da transportadora). Por outro lado, esse software facilita a preparação dos pacotes antes de serem distribuídos (inclusive o empacotamento pode ser personalizado para cada cliente). Essa operação pode ser realizada em uma área específica do armazém ou diretamente nos contêineres das agências de transporte.

As entregas de pedidos on-line devem ser rápidas desde a sua aquisição

Omnichannel significa reforçar a marca

Omnichannel é a integração de todos os canais de venda de uma marca com o objetivo de oferecer uma experiência mais satisfatória para os consumidores. Isso ajuda a melhorar a imagem da marca, fidelizar e ampliar a fatia de mercado. Para que isso seja possível, a cadeia de suprimentos das empresas deve ser completamente transformada e o armazém deve converter-se em um fator estratégico. O omnichannel exige que os centros logísticos sejam extremamente produtivos e eficientes. Uma boa gestão e organização evitam situações de descontrole e garante um bom serviço, ou seja, uma melhor experiência de compra para o cliente.

O Easy WMS é o aliado perfeito para controlar o estoque e dirigir todas as operações. A equipe técnica da Mecalux Software Solutions pesquisa e desenvolve novas soluções destinadas às empresas para que possam implementar de forma efetiva um modelo omnichannel em seus negócios.

'e-commerce' que apostaram 
no Easy WMS da Mecalux

  • A Tradeinn, e-commerce de material esportivo, tem 14 lojas virtuais especializadas em diferentes esportes, mais de 1.000.000 referências à venda e uma média diária de 7.500 pedidos. A Mecalux implementou o Easy WMS em seu armazém de Girona (Espanha) para poder gerenciar o estoque e controlar todos os processos do armazém, desde o recebimento até a expedição para o cliente final. David Martín, CEO da Tradeinn, afirma que “a Mecalux foi uma parceira muito importante para nosso crescimento. As estantes de cada um dos armazéns onde estivemos e o Easy WMS nos permitiram reduzir os custos de preparação de um pacote, algo fundamental no caso de um e-commerce”.
     
  • Privalia, outlet de moda virtual com mais de 28 milhões de clientes na Espanha, Itália, México e Brasil, gerencia o armazém de seu centro logístico de Gavá (Barcelona) através do Easy WMS. Esse ambicioso projeto trabalha com o critério de cross-docking e preparação just-in-time, que prescinde do armazenamento e agiliza a preparação de pedidos de venda online.