Tolerâncias das estantes

O nivelamento do solo não só afeta os equipamentos como também as estantes, pois elas têm um certo nível de tolerância entre si. Essas estruturas devem ter folgas depois de serem montadas e antes de serem carregadas.

A norma EN 15620 é o documento onde constam os parâmetros aceitáveis. É essencial respeitar esses parâmetros para evitar que os próprios equipamentos colidam com as estruturas ou ao colocar a carga nos vãos. 

Los valores de las holguras varían en función del tipo de instalación y de su clase (100, 200, 300 o 400). Los datos indicados en el cuadro adjunto están referidos a las clases 300 y 400. La ilustración que acompaña al cuadro señala a qué elemento se aplica cada medida. 

Os valores das folgas variam em função do tipo de instalação e de sua classe (100, 200, 300 ou 400). Os dados indicados no quadro a seguir referem-se às classes 300 e 400. A ilustração que acompanha o quadro assinala o elemento aplicado em cada medida.

 

Tolerância das estantes para as classes 300 e 400

 

 

A: Largura livre do vão. 
E:  Largura livre do corredor.
Cx: Falta de verticalidade.
Cz: Falta de verticalidade.
Jy: Linearidade da escora. 
Jz: Linearidade da coluna.
Gy: Linearidade da longarina.
H: Altura da parte superior da placa base até a parte superior da escora.
HB: Altura desde a parte superior de uma longarina até a parte superior da barra transversal do nível seguinte

 

Clase Folgas(mm)
  A E Cx Cz Jx Jz Gy
300 +/-3 +/-5 +/-H/500 +/-H/500 +/-3 o +/-HB/750 +/-H/500 +/-3 o +/-A/500
400 +/-3 +/-15 +/-H/350 +/-H/350 +/-3 o +/-HB/400 +/-H/500 +/-3 o +/-A/500

 

Além dos parâmetros anteriormente especificados, devem também ser respeitadas as demais folgas especificadas na norma EN 15620.

Other topics in this category