Um operador coordena as operações como parte da logística de distribuição

Logística de distribuição: 5 desafios para o armazém

30 Janeiro 2020

A operação da logística de distribuição vive há anos uma revolução que não parece ter fim. Tendo em conta que a distribuição é responsável por fazer com que os produtos acabados cheguem aos clientes, o armazém é o núcleo de uma engrenagem fundamental que faz com que esse processo flua.

Quais elementos-chave compõem o ecossistema da logística de distribuição? Abordamos cada ponto para identificar os principais desafios que os armazéns enfrentam na logística de distribuição atual.

O papel do armazém no percurso da logística de distribuição

Podemos resumir o percurso da logística de distribuição nas seguintes etapas:

  • Estimativa da demanda: é de grande utilidade para prevenir quebras de estoque ou comportamentos deficientes diante de picos de atividade.
  • Gestão de compras: seu correto planejamento é um pilar essencial para economizar nos custos de aprovisionamento. Nesse sentido, contar com a informação exata do estoque armazenado e exercer um controle exaustivo do inventário é fundamental.
  • Gestão do armazém: inclui todas as operações desenvolvidas no armazém. Vai desde o recebimento e localização da mercadoria até sua expedição, passando por todo o processo de preparação e embalagem de produtos.
  • Seleção do meio de transporte e canais de distribuição: a localização dos armazenes ou centros de distribuição é uma decisão crucial que afetará toda atividade na logística de distribuição.
  • Gestão dos pedidos e cobrança: após a realização bem-sucedida da operação, é necessário fazer um controle dos pagamentos pendentes como ponto de fechamento de todo o processo.

Desafios que a logística de distribuição enfrenta hoje

Para poder responder com agilidade às constantes mudanças que afetam a logística de distribuição, é importante identificar os desafios que estão moldando o presente e o futuro da logística de distribuição:

1. Otimizar o planejamento de processos a uma velocidade vertiginosa

Eliminar períodos de tempo sem atividade na logística de distribuição é um objetivo que depende em grande medida de um planejamento elaborado com precisão de processos. Medir e identificar áreas de melhoria se converte em uma obrigação para manter a competitividade. Nesse sentido, convém adaptar cada operação às necessidades específicas de cada empresa e setor. A visibilidade da informação em tempo real permite tomar decisões e controlar minuciosamente a execução dos processos.

A análise de dados é fundamental para tomar decisões em logística de distribuição
A análise de dados é fundamental para tomar decisões em logística de distribuição

2. Resolver os problemas da escassez de espaço e seu custo

A logística de distribuição criou um subsetor dentro do mercado imobiliário. Não à toa, pois há anos o setor logístico aluga e utiliza armazéns cada vez maiores, principalmente devido às necessidades dos e-commerce.

Essa alta demanda de espaço está centralizada nos grandes polos logísticos. A tendência aumenta os custos do metro quadrado e envolve o desafio de recuperar e melhorar a rentabilidade das instalações.

3. Reinventar os espaços de armazenamento em busca da rentabilidade

Como aproveitar ao máximo o espaço disponível e economizar tempo nas operações do armazém? Um dos principais desafios que a logística de distribuição enfrenta refere-se ao seu layout ou sua reformulação, pois se trata de um setor em constante transformação.

Os espaços de armazenagem são verdadeiros quebra-cabeças cada vez mais complexos onde a tecnologia é crucial, seja na forma de sistemas de armazenagem automáticos ou software especializado.

4. Reter talento logístico e motivar as equipes de trabalho

Apesar de dar a impressão de que os robôs estão ocupando plenamente os armazéns, o trabalho dos operadores continua sendo fundamental para qualquer tipo de tarefa no armazém. Não é estranho encontrar armazéns onde existam áreas altamente automatizadas enquanto outras trabalham sobretudo com operações manuais (o acondicionamento de pedidos, por exemplo).

Proporcionar o treinamento adequado e a motivação necessária, ao mesmo tempo que os custos são contidos, é um objetivo primordial em qualquer estratégia de logística de distribuição.

5. Integrar e coordenar todos os elementos da logística de distribuição

Finalmente, a conexão perfeita de todos os elos da logística de distribuição é o grande desafio. Sistemas de transporte, pedidos, operações no armazém, cobrança… cada processo deve ir unido ao seguinte e, para isso, a tecnologia ajuda na excelência logística.

O rápido avanço das exigências do mercado continuam transformando as operações ligadas à logística de distribuição. No entanto, a boa notícia é que as soluções tecnológicas estão adaptando-se aos novos cenários.